Colégio Objetivo Júnior

Acesso Restrito Pais e Alunos

Buscar

HTML tutorial

Destaques

Atividades Extracurriculares

O Colégio Objetivo Júnior disponibiliza atividades que visam complementar o dia a dia escolar de seus alunos e familiares.

São proporcionadas no Centro Cultural Esportivo

FUTSAL

O futsal busca desenvolver através de uma formação adequada as capacidades técnicas e táticas, onde o aluno de futsal desenvolverá suas capacidades cognitivas de percepção, antecipação e tomada de decisões. A aprendizagem psícomotora é à base do processo da formação. Através de movimentos básicos como correr, saltar e rolar vai desenvolver-se de modo que aprenda a fazer os gestos técnicos. O equilíbrio, ritmo, coordenação e noções de espaço e tempo são primordiais para o aprendizado técnico individual do futsal.

BASQUETE

O basquete por ser uma atividade que sua pratica contribui para desenvolver na criança os controles emocionais, psicológicos e físicos, trabalhando o seu praticante como um todo, merece ser incluído nas aulas de educação física escolar. Mais para que esses objetivos sejam alcançados deve-se adotar uma postura ou metodologia menos desportiva (mecanizada) partindo assim para uma de caráter mais educativo evitando as especializações precoces, abusando de movimentos amplos adequados para a faixa etária sendo norteados pelo lúdico. Assim tornando justificada sua pratica na escola, pois esta abordagem vai de encontro com o objetivo da educação física que é proporcionar um leque de atividades que contribua para as formações físicas, psíquicas e sociais do aluno, também contribuindo para prevenção dos males de nossa geração. As patologias de ordem hipocinética como obesidade infantil, sedentarismo e doenças crônico degenerativas.

VÔLEI (Adulto e Infantil)

O voleibol é uma modalidade desportiva que explora diversos movimentos corporais, podendo não só auxiliar no desenvolvimento motor de seus praticantes quanto no fortalecimento da auto-estima, cooperativismo, disciplina, organização e sendo também um meio de socialização entre os alunos de diferentes gêneros. Criado por volta de 1895, o voleibol é hoje um dos esportes mais praticados no mundo. O objetivo do estudo foi buscar informações a respeito desta modalidade no ensino fundamental, podendo ser trabalhada de várias maneiras, dependendo do local, público e dos objetivos que o profissional visa atingir com tal prática. Esta modalidade desportiva pode desenvolver em seus praticantes o gosto pela competição, mas, no contexto escolar, pode ser um instrumento para a educação por meio do esporte, incentivando nos alunos o desejo pelo jogo, por isso a importância de se ensinar corretamente o sentido do jogo e o conceito da competição.

TÊNIS

Em meados do século XIII, havia na França um tradicional jogo denominado “Jeu de Pame”, traduzido como jogo de mão, no qual os jogadores utilizavam as mãos para rebater a bola contra a parede. A partir do século XIV, alguns jogadores implementaram a modalidade e passaram a utilizar uma espécie de raquete de madeira (Battoir). Mais tarde, chamado de Longue-Paume, era praticado em uma quadra retangular, dividido por uma rede; com seis jogadores de cada lado. E também de Court-Paume, jogo que exigia técnicas mais aprimoradas. O termo Tênis deriva do francês Tenez, que significa o verbo pegar no imperativo: Pega (expressão exclamada pelo atirador ao jogar a bola).

Neste mesmo período, do outro lado do Oceano, na Inglaterra, o Rei Henrique VIII conhecia o esporte e era praticante desta modalidade, o que ajudou a difundir o Tênis pelo mundo. Por isso, o Tênis é um tradicional esporte de origem inglesa, mas não nega o berço francês. A partir do ano de 1900, surge a Taça Davis: campeonato mundial, dividido nas regiões Americana, Europeia e Oriental. O Tênis atualmente é disputado em quadras de diferentes características: saibro, grama e concreto, como nos famosos campeonatos Australian Open, Us Open, Roland Garros e Wimbledon.

KARATÊ

O karatê é uma arte marcial de origem oriental. Tomou forma em Okinawa, no século 17. Hoje existem vários estilos de karatê.

Chegou ao Brasil na primeira metade do século 20, com os imigrantes japoneses. Os primeiros instrutores conhecidos começaram a ensinar karatê nos anos ’50. Desenvolveu-se primeiro na Bahia e em São Paulo, onde existiam vários imigrantes de Okinawa. Ensinava-se principalmente o estilo shotokan.

CAPOEIRA

Mistura de dança com luta, a Capoeira tem sua origem na África, trazida ao Brasil pelas mãos dos escravos, como forma de defesa. Ao som ritmado e bem marcado do berimbau de barriga, caxixi, atabaque, pandeiro e reco-reco, dois participantes ensaiam coreografias sincronizadas, gingadas de perna, braços, mãos, pés, cabeça e ombros. O repertório abrange chutes e piruetas cheios de molejo, malícia e manemolência.

KUNG – FU

O Kung-Fu é originário da China e nasceu da necessidade de sobrevivência dos antepassados na luta contra animais ferozes e contra inimigos. Conta a lenda que certa vez, um monge chinês -Ta Mo – subiu numa montanha e se pôs a contemplar o movimento dos animais, as posições que tomavam para a luta e a maneira como se defendiam dos ataques. Observando tais movimentos, desenvolveu um trabalho de adaptação desses animais para o homem, estruturando-os de acordo com as possibilidades físicas do homem. Assim nasceu o Kung-Fu, como chamam os ocidentais esta luta chinesa. Esta arte marcial milenar vem orientando as pessoas, bem como ajudando os jovens a se direcionarem em disciplina, respeito com os colegas.

DEFESA PESSOAL

As antigas modalidades de artes marciais continuam sendo muito praticadas porque os conceitos vão muito além da defesa pessoal, pois visam fortalecer o físico, a mente e o espírito e dessa forma, transpassam as barreiras do tempo. Outras modalidades de artes marciais foram criadas tendo como referência modalidades mais antigas.

BOX CHINÊS

O Box Chinês consiste em uma luta de contato na qual são utilizadas técnicas de socos, chutes, projeções e quedas. O combate é um importante legado do povo chinês que visa proporcionar saúde e longevidade aos seus praticantes.

Ajuda o praticante a ter maior agilidade, resistência e disciplina, gerando benefícios como pronto raciocínio; perda de peso; desenvolvimento físico acelerado; relaxamento mental; aprimoramento de laços sociais; aumento de resistência corporal e aumento de confiança.

DESENHO E PINTURA

A pintura estimula a comunicação, a criatividade e aumenta a concentração tanto de crianças quanto de adultos. Além de ser um ótimo hobby, também é indicada como tratamento terapêutico, pois auxilia na redução do stress e ansiedade. Como qualquer outra atividade, a pintura requer aprendizagem ao longo do tempo, mas você pode despertar este interesse nas crianças desde cedo.

TEATRO

O teatro contribui no desenvolvimento da criança de forma grandiosa, ajudando o aluno no rendimento satisfatório de suas próprias potencialidades de expressão e comunicação, bem como proporcionar a construção do conhecimento e favorece o processo de produção coletiva do saber cultural tanto no valor estético como educativo.

XADREZ

O xadrez teve várias definições ao longo da história: jogo, ciência, esporte de raciocínio, arte, passatempo interessante e divertido. Se bem interpretado, supera todas essas definições e pode também ser utilizado como instrumento eficiente para o desenvolvimento e aprimoramento de importantes habilidades proveitosas nas mais diversas situações do dia-a-dia.

ZUMBA

Conquistando cada vez mais fãs e adeptos, a Zumba é uma atividade física tradicional aeróbica com movimentos de dança e coreografias que misturam uma série de ritmos latinos e internacionais. A mistura de hip hop, pop, rap, bhangra, flamenco, dança do ventre, dança africana, além da salsa, merengue, cumbia e reggaeton permite que os alunos tenham um alto gasto calórico sem sentir que estão se esforçando. Segundo Raphael Rosa, especialista educacional da Zumba, as aulas, que duram de 45 minutos à uma hora, podem queimar até mil calorias.

BALLET

O balé é um tipo de dança influente a nível mundial que possui uma forma altamente técnica e um vocabulário próprio. Este gênero de dança é muito difícil de dominar e requer muita prática. Ele é ensinado em escolas próprias em todo o mundo, que usam suas próprias culturas e sociedades para informar esse tipo de arte. As diferentes técnicas de balé, entre elas mímica e atuação, são coreografadas e realizadas por artistas formados e também acompanhadas por arranjos musicais (geralmente de orquestra mas, ocasionalmente, vocal). É um estilo equilibrado de dança que incorpora as técnicas fundamentais para muitas outras formas de dança. A sua forma mais conhecida é o balé romântico ou “Ballet Blanc”, que valoriza a bailarina em detrimento de qualquer outro elemento, focando no trabalho de pontas, fluidez e movimentos acrobáticos precisos. Esta forma utiliza como figurino o convencional tutu francês de cor branca.

JAZZ

Jazz emagrece, modela o corpo e aumenta a autoestima. O jazz traz outros benefícios para a saúde. “Essa dança modela o corpo, dá flexibilidade, aumenta a resistência, fortalece a musculatura dos braços, das pernas e do abdômen”, afirma Simone Sant’ Anna, diretora educacional e artística da escola de dança Pulsarte, em São Paulo. Também dá ritmo, agilidade e rapidez de raciocínio.

ARTES MANUAIS

Desenvolver as artes manuais contribuem para o desenvolvimento motor, o raciocínio, a criatividade, as relações sociais e os talentos dos alunos. Além de desenvolver talentos e a criatividade, resgatamos aqueles alunos “que mais se destacam”.

APOIO PEDAGÓGICO

Os alunos tem a disposição professores especializados para suprirem as necessidades pedagógicas em defasagem. Os plantões de dúvidas tem um cronograma que atende os alunos do 6º ao 9º ano nas mais variadas matérias curriculares.

PERÍODO INTEGRAL

As atividades desenvolvidas durante o tempo integral são dinâmicas e buscar complementar o conteúdo já aplicado em sala de aula. Idealizada com a intenção de favorecer a formação da criança, com a introdução a lógica natural e a atividade pré-numérica. As experiências vividas e os conhecimentos adquiridos durante essa fase são decisivos na construção da personalidade e das capacidades da pessoa. As crianças do período integral estarão reunidas no modelo MULTIAGE, no qual oferecemos às crianças a oportunidade de conviverem com crianças de idades aproximadas, contribuindo para o desenvolvimento social, cognitivo, motor e afetivo.

Entre outras atividades diferenciadas incluídas no calendário.

© Colégio Objetivo Júnior Pirassununga- 2014